Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
14-05-13
COLUNISTA CONVIDADO - Marcelo Vieira


Sob o signo do caos

“O signo do caos é o próprio caos”
_Rogério Sganzerla

Caos em lá menor é um ensaio SomImagem sobre alguns rituais do amor platônico.
Por não ser uma tese, cria uma transfiguração de seu signo.
Um lirismo sutil e onírico conduz o espectador ao mundo do Homem Solitário – César da Conceição – que espera a sua amada Laura – Meire Lua – em sua casa. (Plano de Fundo – Amor x Idealismo)
O que uma simples ideia de visita pode causar? Expectativa? Ansiedade? Futuro na memória?
Longe de ser um Lugar-comum o curta metragem trás à tona uma Ode ao Desejo simples e às vezes infantil do querer ser amado pelo objeto desejado. O que acaba levando ao desespero e o desconforto ante a vida.
Experiência rítmica na montagem. Uma busca de uma linguagem própria: um retorno ao cinema de autor.
A banda sonora participa como um terceiro personagem que respira e dialoga. Dialética Machadiana, aqui o personagem principal conta a sua estória tal qual Dom Casmurro mediante sua visão dos fatos ocorridos, mas nesse ponto começa e acabam as comparações de criação. O curta metragem segue outro caminho; Existencialismo, Romantismo & Comédia Humana.
Este filme faz parte de uma nova estética proposta pelo grupo de cinema experimental Artistas da Fome, que visa um cinema da “Transfiguração”. Daí a plurivalência de símbolos, o emprego poético de relações entre os elementos, reivindicando novos fatores estruturais de ritmo x forma: Caos em imagens.

Sobre:
Grupo experimental de Cinema

Descrição:
Artistas da Fome é um grupo de cinéfilos composto por César da Conceição, Marcelo Vieira e Iuri Guião.

A proposta é experimentar novos caminhos cinematográficos, abusando da poesia, filosofia e psicologia, criando novas linguagens visuais e emocionais.


image

Marcelo Vieira
Poeta marginal, faneditor, Cineasta. Possui um Blog de poesia (http://oultimocliente.blogspot.com.br/). Em 2011 participou do concurso de poesia da FLIPOÇOS (Feira de livros de Poços de Caldas) e foi selecionado. Nesta edição, participaram mais de 2 mil poetas brasileiros. Aforismo pessoal: Eu nunca vou parar de fingir!

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA