Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
07-12-12
COLUNISTA CONVIDADO - Beth Carmona


Comkids, uma conversa sobre conteúdos infantis | Midia, Cultura e Infância

Um olhar particular, o mundo visto por outra perspectiva, um olhar fresco, aberto, criativo, sem malicia e sem pré-julgamentos. Esta é apenas uma descrição simplificada de como pode se comportar o olhar infantil frente a um estímulo audiovisual, e é justamente mergulhando sobre esse pensamento que devemos refletir sobre o significado e a importância de trabalhar com e para crianças no nosso segmento. É preciso conhecer e entender as fases do desenvolvimento infantil e respeitar a forma como elas apreendem a realidade e lidam com a fantasia. Contar historias para as crianças fazendo uso da linguagem audiovisual é semear belas e fortes imagens, conteúdos e formatos coerentes e inspiradores, para uma audiência especial, muito receptiva, exigente e em plena formação.

Já foi muito bem dito que as crianças são seres “brincantes”, aprendem e percebem o mundo brincando, imaginando, criando a partir de vivencias, mas também de historias de ficção, com personagens fortes e até com fatos da realidade, sempre fazendo relações e apreendendo tudo o que ouvem e veem no seu dia a dia.

No mundo, pela TV e em contato com as múltiplas telas, ( tecnologia que se desenvolve a largos passos) , o publico infantil está altamente exposto a uma grande quantidade de cenas de impacto que com certeza farão uma diferença na construção de sua visão de mundo , suas ideias e aprendizagens. Qualquer conteúdo, mensagem ou linguagem audiovisual para crianças, seja animação, live action ou reportagem, didática ou de entretenimento, carrega sempre consigo uma mensagem, uma impressão, um ensinamento.

Quando um bebê nasce temos claro o que devemos oferecer desde os primeiros anos de vida: nutrição, abrigo, cuidados especiais de saúde, ambientes onde ele possa se desenvolver fisicamente, e depois alfabetização, conhecimento. No que se refere ao desenvolvimento emocional e a criação para a vida, nos esforçamos para dar carinho, atenção, uma boa educação no intuito de fazer da criança um pequeno cidadão. E é aqui que a historias reais ou fictícias, contadas, lidas, vistas em telas grandes ou pequenas, manipuladas, através de jogos, brinquedos, brincadeiras podem ajudar e potencializar momentos e situações na vida emocional e psicossocial de uma criança. Historias são alimento para o pensamento e a alma, e ainda, trazem em si, intrinsecamente um imenso universo cultural.

Acreditamos assim que é urgente e imprescindível que se busque e produza mais e mais historias infantis para serem veiculadas na TV, no cinema e outras telas, e que o conteúdo audiovisual, digital e interativo tenha antes de tudo Qualidade. Animações, pequenos documentários, belas historias de ficção, pequenas séries e minisséries. Personagens ricos e intensos, crianças, homens, mulheres, animais ou monstros. É preciso oferecer as crianças boas historias, com valores e ética, situações onde elas possam se reconhecer, sonhar e acreditar. Quantidade e Qualidade para esses pequenos e vorazes consumidores de conteúdos.

Criar, produzir e programar para o público infantil exige especialização, responsabilidade e o conhecimento desta audiência. É necessário ter informações sobre a forma de se desenvolver, pensar e agir das crianças, suas ações e reações, sendo que isso é apenas uma parte deste universo de saberes. As crianças tem um humor especial e gostam muito de ser surpreendidas e este é apenas um dos muitos ensinamentos para aqueles que criam para o publico infantil.

Dito isso é hora do criador e diretor voltar um pouco no tempo e ser um pouco criança, lembrar de sua infância,de suas próprias aventuras, das historias que ouviu e que ainda pode ouvir, pesquisar na literatura, nas lendas e mitos, mergulhar neste imaginário infinito e próprio do mundo infantil.

A força de uma imagem dentro de uma historia bem contada e esteticamente bonita, ensina e vale tanto quanto muitas lições e pode substituir em parte momentos que talvez não tenhamos nunca a oportunidade de viver.

As crianças precisam ser estimuladas com imagens e historias que as levem para um mundo familiar e culturalmente rico, que proporcione a elas mais do que entretenimento e que as ensine como pesquisar, buscar e escolher o que há de bom, separando e sabendo identificar o que é qualidade, desprezando assim o lixo, o vazio e inútil.

Comkids

Porque buscamos qualidade e porque o mundo evolui e agora se desdobra em múltiplas telas para os conteúdos, construímos o ComKids, um ponto de referência para todos aqueles que se interessam ou que trabalham com e para o publico infantil. Traduzido num espaço que realiza pesquisas, eventos, festivais, seminários, debates e encontros, esta é uma plataforma que se caracteriza como um grande abrigo, reunindo todo o conhecimento que adquirimos ate agora para repartir com os profissionais da área, através de informações, conteúdos, ensaios e acontecimentos do universo da mídia e da cultura da infância. Trabalhamos sempre à favor das crianças, ou seja, a partir delas buscando uma abordagem especializada, um olhar criativo e cuidadoso, tão necessário quando se trata de falar com e sobre os pequenos consumidores de imagens.

Baseado em pressupostos de responsabilidade social, cultura, qualidade e inovação, o Comkids pretende ser o ponto de encontro entre produtores audiovisuais, canais de TV e de internet, empresas interessadas na produção editorial e midiática infanto-juvenil, educadores, criadores e realizadores de conteúdo para crianças. Acreditamos na criação de um movimento na direção de difundir novos produtos culturais e de contribuir para que muitos tenham acesso a eles.

Visitem nossa página: www.comkids.com.br


image

Beth Carmona
Diretora do Conteúdo da Singular, Arquitetura de Mídia, diretora geral do Comkids, consultora de canais de televisão e produtoras no desenvolvimento de projetos, formatos e conteúdos. Na TV Cultura - SP, onde foi Diretora Geral de Programação de 1990 a 1998. Destacou-se pelo desenvolvimento de uma política de programação voltada para crianças e adolescentes, aclamada pelo público e pela crítica. Castelo Rá Tim Bum, Mundo da Lua, Matéria-prima, X-Tudo e Cocoricó são produções originais desenvolvidas em sua gestão. Foi Diretora de Programação e Produção para a América Latina do Grupo Discovery baseados em Miami. Gerente Sênior de Produção dos canais Disney e Fox Kids, no Brasil. De 2003 a 2007, foi Diretora-Presidente da Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto/ACERP, TVE RJ e a Rádio MEC. Premiações: Mundo da Lua (TV Cultura), Castelo Rá Tim Bum (TV Cultura), Um Menino Muito Maluquinho (TVE RJ), Eco-Aventura na Amazônia (Discovery Kids), Missão Astronauta (Discovery Kids) e projetos como Curta Criança, O Mundial e Eu e Senha Verde.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA