Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
05-11-12
COLUNISTA CONVIDADO - Silvia Rabello


Admirável Cinema Brasileiro

Assumir a presidência do SICAV – Sindicado Interestadual da Indústria Audiovisual é ter a sensação de satisfação pelas muitas conquistas realizadas pelo nosso sindicato e a insana alegria de saber os desafios que virão. É importante salientar que essas conquistas foram feitas juntando união e liderança. A união de todos os associados em torno das lutas por aquilo que o setor necessita, e a liderança da presidente Mariza Leão, que soube manter a união em torno dos objetivos, dentro de uma trajetória sóbria, traçada com foco determinado e enérgico.

Mariza implantou uma nova modalidade de gestão, empregando a técnica esportiva do revezamento em equipe. Como num time de voleibol, nós – da diretoria – estávamos em constante rodízio, ora sacando, ora defendendo, ora cortando.

É difícil admitir que a nossa atividade de repente não exista mais, ou pelo menos não mais como a conhecíamos. E isso aconteceu com cada um de nós em momentos distintos. Isso nos levou a uma reinvenção quase que a todo tempo. Ou ainda, usando um termo mais atual, a nos reciclar mental, psicológica e financeiramente, para acompanhar este maravilhoso - mas muito custoso - admirável mundo novo.

Avançamos e, ao que tudo indica, a produção audiovisual terá um crescimento nunca visto antes. Soma-se a isso o modelo tecnológico também inédito. Mas avançamos também em outros sentidos: institucional, emocional, financeiro, em novos modelos de negócios, na democratização da informação e no mercado. Hoje somos cada dia mais audiovisuais, somando a experiência do cinema à televisão e às novas mídias.

Avançamos, para o bem ou para o mal. Mas avançamos principalmente em direção à sociedade e aos governos federal, estadual e municipal, que souberam compreender a necessidade de um audiovisual forte e de uma infraestrutura de produção cada vez mais potente. Sabemos que esses avanços não estão totalmente consolidados, mas sabemos o que queremos e temos as ferramentas para conquistar o que falta. E o principal: sabemos o que falta.

Hoje deixamos para trás as bandeiras que nos separavam e estamos conscientes dos desafios e da mudança de paradigma que teremos pela frente. E o que nos dá força para tudo isso é saber que não só recuperamos os meios, mas também a nossa autoestima, ao produzirmos o conteúdo do qual nos orgulhamos e que cumpre o seu papel junto à sociedade.

Além disso, estamos nos colocando cada vez mais próximos das condições de um mercado saudável, dentro de uma cadeia produtiva que distribui dividendos, gera empregos e impostos municipais, estaduais e federais. Tudo isso proporciona um giro no qual nem sempre está o lucro financeiro, mas faz com que a atividade se realimente para a realização de novos projetos.

Sabemos que muitas portas estão se abrindo, e estamos cientes de que não será uma tarefa fácil. Sendo assim, precisamos mais do nunca da união de todos para que o setor de produção enfrente com força e liderança as oportunidades que a revolução tecnológica está trazendo.

Não há tempo a perder, não há como fugir, sabemos que o futuro é irreversível, mas como será este futuro, agora tão presente?


image

Silvia Rabello
Formada em Bioquímica pela UFRJ, com pós-graduação em mercado de capitais e análise de projetos pela Fundação Getúlio Vargas e MBA na Coppead-UFRJ, Silvia Rabello participou ativamente do processo de estruturação da atual Labo Cine do Brasil, em 1998, e hoje é diretora do laboratório. Filha do técnico de som Sylvio Rabello, da Atlântida, ampliou o apoio direto da Labo Cine ao cinema brasileiro, investindo na restauração de títulos como Alô, alô carnaval (1935), de Adhemar Gonzaga, Aviso aos navegantes (1950), de Watson Macedo, e a obra de Nelson Pereira dos Santos.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA