Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
27-03-12
COLUNISTA CONVIDADO - Simone Telecchi


SIMONE por Simone

Outono de 2006, o telefone toca. Era Bianca Loretto. Ela conta que havia conhecido um diretor recém-chegado à cidade e que ele estava selecionando elenco para um episódio de uma série televisiva. Ela pede que eu envie um currículo breve e uma foto. Depois do envio feito, em poucas horas, estou no estúdio fazendo o teste. Juan Zapata pede que eu olhe para um ponto qualquer onde deveria estar uma criança pequena - o filho da minha personagem. O sotaque denuncia, tratar-se de um estrangeiro. Mas não são necessárias muitas palavras para que nossa comunicação flua sensivelmente. No dia seguinte, recebo uma boa notícia: o diretor me selecionou.

Após esse trabalho, Juan e eu nos aproximamos. Fomos nos tornando bons amigos. Tínhamos longas e ótimas conversas, baseadas em muita sinceridade e regadas por muita alegria. Alcançávamos um ambiente de reflexão e isso me ajudou muito a confirmar minhas escolhas. Encontrei nele o apoio necessário para seguir em frente com a decisão íntima que, há pouco tempo, havia tomado. Ele me investigou. Fazia perguntas e gravava minhas respostas. Sempre que marcávamos um encontro, uma câmera, um gravador, papel e caneta nos acompanhavam. Assim começo a urgir SIMONE.

SIMONE, para aqueles que estão ouvindo falar a respeito pela primeira vez através destas linhas, é uma ficção intimista livremente baseada na minha história de vida, nas minhas escolhas. Com roteiro de Maressa Sampaio, Juan Zapata e Edson Gandolfi, o filme aborda o conceito de liberdade sexual - para saber mais a respeito, você pode acessar o site da produção (www.simonefilm.com). Mas, até o momento em que o filme saiu do papel e passou a ser registrado em câmera, se passaram seis anos e houve muita preparação da minha parte.

Aos 20 anos, sai de Pelotas e fui morar em Porto Alegre após ter sido aprovada no vestibular da UFRGS para o curso de Matemática. Em 2001, ingressei no TEPA (Teatro Escola de Porto Alegre). Antes mesmo de concluir minha formação em teatro, ajudei a criar o Grupo dos Cinco. Pautados pela intenção de investigar as possibilidades de atuação a partir do trabalho físico do ator, da sonoridade da palavra, da utilização de diferentes linguagens e, acima de tudo, pelo interesse em compartilhar com o público nosso processo criativo, montamos diversas peças, entre elas “O Urso” de Anton Tchekhov. O espetáculo foi um sucesso durante muito tempo - recebeu premiações e participou de festivais nacionais e internacionais de teatro. Nesses 10 anos de profissão, também integrei outros grupos e atuei como elenco de apoio em alguns filmes e como parte do elenco principal de um curta-metragem. Tais experiências me trouxeram um certo aprendizado sobre a estrutura de funcionamento de um set de filmagem, além do gostinho de quero mais do universo apaixonante do cinema. Foi então que, em 2011, já tendo passado pela preparação que Juan havia desenvolvido comigo, chegou o dia em que fui apresentada à equipe técnica e artística do projeto SIMONE.

Desde a época em que SIMONE estava na sua fase investigativa, por assim dizer, desenvolvida pelos roteiristas a cerca da minha vida, ao mesmo tempo em que eu queria e me dispunha a esse trabalho, cuidava de amadurecer a ideia de realizá-lo profissionalmente.

Mesmo sendo fato que houve um encontro entre o diretor e a atriz naquele outono de 2006, eu tive uma grande sorte com o fato de ter conhecido Juan Zapata e de ele ter se interessado pela minha história. Até aquele momento, eu trabalhava e me dedicava a produções teatrais, eu tinha minhas raízes profundamente ligadas à linguagem teatral. No entanto, estava diante de uma produção cinematográfica como protagonista. Sem dúvida, para a carreira de qualquer ator, essa é uma oportunidade fantástica, uma experiência profissional gigantesca.

Os dias em que passamos gravando foram se tornando, com o passar do tempo, mais intensos e intimistas e o envolvimento da equipe foi fundamental para que o clima que precisávamos para contar a história fosse criado. Juan proporcionava igualmente uma atmosfera única. Ele me dirigiu com muita liberdade de criação para que eu desenvolvesse, junto com os meus colegas de cena, a dramaticidade e a verdade de cada olhar. Foram dias de muita imersão e de entrega. Deixei um pouco de mim em cada um e levei em mim um pouco de cada um deles.


image

Simone Telecchi
Graduada em Matemática pela UFRGS e pós-graduada em Administração Publica (Especialista em Gestão de Pessoas), Simone Telecchi é atriz e atua desde 2001. Formada em Teatro pelo TEPA (Teatro Escola de Porto Alegre/RS), tem como foco principal de sua profissão interesse indubitável pela atuação em cinema. Simone atua também como locutora, voz solo caricato, e compositora ao lado do marido, o músico Edinho Espíndola.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA