Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
24-01-12
COLUNISTA CONVIDADO - Daniela Gracindo


Pequenos Cineastas

O universo da criança sempre me atraiu. Ali, ainda existe uma criatividade fértil aliada à liberdade de expressão, qualidades que, se não estivermos atentos, acabam se atrofiando com o passar do tempo. Por acreditar na importância de desenvolver e de valorizar essas qualidades desde cedo, acabei por desenvolver trabalhos voltados para crianças, o que me trouxe a oportunidade de pegar carona para o rico mundo infantil.

Quando comecei a trabalhar no mercado audiovisual, uma idéia me surgiu: o que uma criança é capaz de criar com uma câmera na mão? Decidi dar corda a essa idéia e juntei uma turma com crianças entre oito e treze anos de idade para realizar um filme. O resultado foi muito surpreendente. Pude compartilhar a alegria e o encantamento daquelas crianças, ávidas por expressar suas idéias e orgulhosas pelo fato de se descobrirem “pequenos cineastas”.

Hoje as crianças nascem em um mundo de natureza eminentemente tecnológica e apresentam grande intimidade com esse universo. O cinema e também a televisão, enquanto produtos da indústria cultural, acabaram por substituir a cultura infantil tradicional, até então gerada em ambiente lúdico. Antes, a criança criava e reproduzia sua própria cultura. A partir do momento em que a criança foi tirada das ruas, deixou de ser produtora para ser consumidora de produtos culturais.

Mas a sétima arte pode (e deve) ser mais do que um produto a ser consumido. Ela pode se tornar uma ferramenta de alta potência para a formação social e cultural de um indivíduo. O cinema que valoriza a cultura também incentiva a auto-estima e gera curiosidade, sem deixar de ser divertido. Através do aprendizado da linguagem cinematográfica, a criança se sente estimulada a pensar, criar e valorizar a autoria do seu pensamento.

Oficinas de cinema para criança aparecem, no começo deste século XXI, como uma nova iniciativa que surge ainda em pequenas proporções, mas que já apresenta um retorno altamente satisfatório. Posso afirmar isso pois sou testemunha. Hoje ministro aulas de cinema para crianças e adolescentes dentro do projeto “Pequeno Cineasta”, criado em parceria com Cristina Savian. São oficinas onde as crianças botam a mão na massa, vivenciando as etapas do processo de filmagem desde a criação do roteiro, storyboard, operação de câmera, luz, arte, direção, produção, som e montagem, até chegar ao grande momento: a experiência de assistir a sua própria obra.

Convido vocês a também pegarem carona no fascinante universo infantil, dando uma espiada nos sites www.pequenocineasta.com.br e www.pequenocineastafest.com.br. Descubram o que esses pequenos cineastas têm para nos mostrar!


image

Daniela Gracindo
Além de atriz e produtora cultural, Daniela Gracindo é professora de teatro e cinema. Com curso superior em cinema pela UNESA, se especializou como Produtora Executiva em 2002 fazendo MBA pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) – RJ. Viveu na Austrália, onde concluiu o curso de “Film Making From Start to Finish”, na Worker’s Educational Association de Sidney. Entre vários trabalhos que realizou, desde 2000, como assistente de direção, diretora, diretora de produção e produtora executiva, destaca-se o documentário de longa-metragem que produziu, em homenagem ao ator Paulo Gracindo, seu avô paterno, entitulado “Paulo Gracindo – O Bem Amado” e o musical “Léo e Bia” de Oswaldo Montenegro para as telas de cinema. Em 2009, lança a Oficina Pequeno Cineasta, projeto onde ministra um curso de cinema direcionado para crianças. Em 2010 realiza a primeira edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta, que exibe filmes feitos por crianças e jovens do mundo inteiro.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA