Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
14-12-11
COLUNISTA CONVIDADO - Alexandre Iglesias


Um cinema aonde o público vai ao delírio

Dentro da quadra esportiva de um Ciep acontece um cinema aonde o público que assiste vai ao delírio em gritos incontidos cada vez que se vê, ou um de seus amigos aparece. Na tela que projeta um do curtas por eles produzidos na oficina de cinema, estas crianças e adolescentes que muitas vezes nunca pisaram em uma sala de cinema tem o seu primeiro contato com a tela grande.

Leonardo Couto, hoje com 16 anos viveu esta experiência em 2009, quando o curta “Consciência Faz a Diferença” produzido por sua turma do CIEP Gabriela Mistral, de Posse, em Petrópolis, foi exibido dentro do projeto do Consciência Ampla na Tela, para aproximadamente 700 espectadores em sua escola. Este projeto, desde 2008 já levou o cinema para 53 turmas do ensino público no interior do estado do Rio de Janeiro trazendo aproximadamente 1.100 jovens para o universo do cinema; seja produzindo, roteirizando, com a câmera na mão, ou atuando.

O titulo do curta produzido por Leonardo e seus amigos traduz com perfeição o espírito do projeto, pois o tema consumo consciente de energia é utilizado em todos os filmes produzidos, e o que poderia ser uma dificuldade e um grande desafio para os alunos, acaba sendo uma oportunidade de educar e disseminar a idéia do uso responsável da energia elétrica em paralelo a experiência de filmar.

Com a Oficina Consciência Ampla na Tela, em 4 anos já chegamos nas cidades como Paraty, Cabo Frio, Macaé, Campos, Resende, Niterói, São Gonçalo, Santa Maria Madalena, Saquarema, Teresópolis, Angra, Magé, Cabo Frio, Itaboraí, Duque de Caxias e São Pedro da Aldeia. Ampliamos o alcance geográfico e social do cinema para um público excluído do circuito comercial de exibição.

Ao final de cada ciclo convidamos todos os alunos que participaram de nossas oficinas para o Prêmio Curta na Tela que acontece em Niterói. Lá são premiados os melhores filmes, atrizes e atores. Em 2010, Leonardo Couto foi escolhido o melhor ator, e em 2011 ele foi o mestre de cerimônias do evento, que contou também com um debate entre os alunos e os atores André Ramiro, Olívia Torres e Darlan Cunha, alem do diretor Marcus Negrão.

Neste caminho outras empresas se interessaram pela idéia de oficinas de cinema temáticas. Como a Coca-Cola que em 2010 abordou a importância da reciclagem das garrafas pet, e a EBX em 2011, mostrando a importância da Lagoa Rodrigo de Freitas no cotidiano da cidade do Rio.

Links:
Fotos do Prêmio Curtas 2011
http://ptbr.facebook.com/media/set/?set=a.10150375753424720.363009.15796...

Oficina Consciência Ampla na Tela
http://www.youtube.com/watch?v=Oaj-qOyqRDs


image

Alexandre Iglesias
Nasceu em 1970, no Rio de Janeiro. Formado em design, desde 2008 coordena oficinas de cinema no estado do Rio de Janeiro que produziram 59 curta-metragens. Já dirigiu 15 documentários para a televisão, que foram exibidos na TV Brasil, Canal Brasil, SESC TV, TV Aparecida e em versão para a web na TV UOL. Em 2011 seu primeiro longa metragem, o documentário “Laiá, Laiá” participou da Premiere Brasil no Festival do Rio.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA