Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
01-09-11
COLUNISTA CONVIDADO - Mauro Garcia


Contador de Histórias

O cinema brasileiro já cumpriu vários ciclos. Gerou várias “escolas”, gerou muitos profissionais geniais. E já arrebatou vários prêmios internacionais como um cinema inovador, criativo e de originalidade talvez sem igual no mundo.

Se o cinema brasileiro era competente em linguagem, faltava a ele estar atualizado tecnologicamente para nos redimir da qualidade, por vezes duvidosa, do som e da edição. Hoje, dispomos de tecnologia e de profissionais nos melhores níveis mundiais. Tecnologia não é mais diferencial – em nosso caso negativo – do cinema brasileiro para o cinema mundial.

Mas tenho constatado cada vez com mais segurança que a riqueza e a qualidade do cinema brasileiro não está somente em nossos realizadores. Nossa riqueza vem das nossas histórias. Enquanto no poderoso e competente cinema norte-americano se instalou uma crise de histórias e roteiros, pelas terras do pau-brasil nosso acervo de histórias é inesgotável e ainda pouco explorado. Nossas histórias são como as energias renováveis. Nossos roteiros originais ou adaptados revelam uma diversidade e uma riqueza sem precedentes na história mundial.

O cinema e a televisão já andaram às turras competindo em linguagem e qualidade. Hoje histórias da TV seguem para o cinema e a recíproca é mais verdadeira. Já é realidade TV e cinema estarem nas mais diferentes “telas”. Na chamada “TV everywhere” como vimos repetidamente na última edição do Congresso da ABTA (Associação Brasileira de TV por Assinatura).

Alguém duvida da qualidade das histórias de nossos romancistas, dramaturgos. Gente que nos originou filmes como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” ou “Pagador de Promessas” ou “Tropa de Elite” ou “Eu Tu Eles” ou “Auto da Compadecida” ou “Chico Xavier”. Ou tantos outros do passado e do presente.

Esse é o nosso diferencial – nosso cinema é o maior contador de histórias do mundo - e ele realmente fará a diferença no cenário audiovisual a nosso favor.


image

Mauro Garcia
Ex-diretor de programação da TV Cultura de São Paulo, criador e ex-diretor da TV Rátimbum, ex-presidente da TVE do Rio de Janeiro. Atualmente consultor de projetos audiovisuais. Professor do Curso Film and Television Business da FGV e Professor da Pós-Graduação de Animação do SENAC SP.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA