Quartas, às 24h, na TV Brasil
(Canal 2, 18 NET, 166 SKY)
DIRETO DO TWITTER: 

Assista aqui o último programa na íntegra!
Natália Lage entrevista o documentarista, roteirista, diretor e montador Pedro Asbeg.
29-07-11
COLUNISTA CONVIDADO - Luis Taylor


Experiência cinematográfica

Sempre gostei de cinema e algumas das minhas primeiras memórias se confundem com salas de exibição e trechos de alguns filmes. Mas até 2006, tudo o que tinha feito relacionado a cinema tinha sido encarar algumas maratonas de títulos em festivais de cinema. Até que me matriculei em uma pós em audiovisual. Passar a estudar cinema, entender cada pequena parte do processo de produção, sentir tão próxima a possibilidade de passar para trás das câmeras e participar de um projeto mudou a minha vida. Literalmente. Larguei o emprego e coloquei na minha cabeça que iria trabalhar com cinema, continuar estudando e dedicando 100% da minha atenção a ele. O bichinho tinha me picado.

Então, no início deste ano, quando já me preparava para voltar aos textos publicitários, recebi um telefonema com um convite para integrar a equipe de produção do programa Revista do Cinema Brasileiro. Aceitei sem pestanejar e, devo dizer, não me arrependi nem um pouco. Estar presente em sets de filmagem, conversar com diretores, perceber a magia do cinema sendo construída na sua frente é realmente viciante. No pequeno período que estive no programa ainda tive a felicidade de ser encarregado para cobrir o Cine-PE.

Colocar um programa inédito por semana no ar não é nada fácil. Entrevistados importantes para as pautas aparecem com problemas de datas, trechos de filmes que ilustram as matérias não são encontrados, alterações de última hora na ilha de edição... A lista do que pode sair errado é extensa e com frequência visitada. Mas, como bons brasileiros, não desistimos nunca. E como bons brasileiros que trabalham com cinema, temos sempre esperança e resolvemos com nosso jeitinho o que não há jeito. Palmas em cena aberta para editores, produtores, diretores, câmeras e assistentes, motoristas, copeiras e boys.

A experiência profissional foi intensa, mas doce como um período de férias. E lá no fundo, ficou a vontade de, mais uma vez, jogar tudo para o alto e cair de cabeça em algo que sempre me fez feliz: o cinema.


image

Luis Taylor
Redator publicitário. Roteirista. Cinéfilo e curta-metragista. Pós-graduado em Cinema e Audiovisual fez diversos cursos de roteiro e cursou direção cinematográfica no Instituto Brasileiro do Audiovisual. Em 2011, foi produtor e repórter do programa Revista do Cinema Brasileiro.

REALIZAÇÃO
image
EQUIPE
REVISTA DO CINEMA BRASILEIRO é uma produção independente, em co-produção com a TV pública brasileira - TV Brasil, focada na diversidade do audiovisual brasileiro.
APOIO TÉCNICO


Desenvolvido por HERCULA